BLOG

Fique antenado aos acontecimentos de Santa Bárbara, além de dicas de turismos e receitas típicas

Casa do Mirante

19maio

A Casa do Mirante ganhou este nome em decorrência da implantação de um mezanino bem no centro de sua estrutura original. Esta edificação do século XIX está Implantada no alinhamento da rua.

Foi, no passado, a casa de hospedes da residência do Padre Lucindo e de onde se separava apenas por um antigo muro de adobes demolido para a abertura de uma rua que a separou da Casa da Cultura.

Este casarão passou por várias alterações sendo as mais notórias, além do erguimento do “Mirante” o fracionamento de seu grande quintal. Na verdade o quintal da casa era um grande pomar com várias qualidades de frutas e um extenso vinhedo que ia dar nas proximidades do terreno onde hoje ainda se encontram a linha férrea e a antiga estação ferroviária.

O mirante tem uma porta-sacada que se abre para um balcão superior na fachada principal de onde à tarde os moradores, hospedes ou visitantes podiam apreciar o pequeno movimento de crianças brincando na praça e de pedestres na antiga rua Governador Valadares que passava longe, bem em frente do terreno onde hoje se encontra o prédio da Escola Estadual Afonso Pena.

Observa-se, no curioso processo de incrustação do mezanino, o uso de materiais mais modernos como a alvenaria de tijolos, os guarda-corpos das sacadas e balcão compostos de palitos de ferro vergalhão além de outros. A fachada principal, bem equilibrada e simples, apresenta cinco portas-sacadas idênticas: quatro em linha no pavimento inferior e a central superior.

Esta interessante construção tem sua escada de acesso junto à parede lateral esquerda mantendo uma característica do princípio do século XIX quando as casas tinham a porta principal de entrada numa das laterais do edifício. Neste caso, em especial, é de se registrar que a casa não tinha acesso para o jardim fronteiro da residência do Pe. Lucindo, ou largo do Rosário com era chamado naquele tempo.

Com a construção da rua lateral os atuais proprietários mandaram construir muros de pedra seca, em torno da edificação, substituindo os antigos de adobe. Um, simples, porém belo jardim, foi construído na lateral esquerda da casa, em frente à porta principal, onde instalaram um pequeno chafariz construído em pedra-sabão.

LEAVE A COMMENT